Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


Seis Noites de Terror: excessos barrocos e (muito) sangue nas paredes - "The Void"

por Roni Nunes, Segunda-feira, 04.09.17

por Roni Nunes

artigo originalmente postado em C7nema (http://www.c7nema.net/festival/item/47042-seis-noites-de-terror-excessos-barrocos-e-muito-sangue-nas-paredes.html)

 

 

O Motelx abre nesta terça-feira (05/09); entre as produções, o britânico “The Limehouse Golem” (em Portugal estreia quinta-feira com o título de “Os Crimes de Limehouse”) e o canadiano “The Void”. O que ambos partilham em comum são os (eventuais) excessos de ideias e (muito) sangue pelas paredes.

 

The Void

 

Pavor cósmico

 

Em “The Void" os argumentistas/realizadores Jeremy Gillespie e Steven Kostanski convidam ao mistério com uma abertura violenta, para adentrar pelo ritmo langoroso de uma terrinha algures. Mas lá há um hospital solitário na madrugada, recheado por uns poucos inocentes, outros nem por isso, cercados por encapuzados que sugerem um culto (satânico? alienígena?); quanto ao resto, basta dizer que ninguém se poderá queixar deste terror de criaturas de linhagem eighties, violento, repulsivo, sangrento e sem CGI.

 

Enquanto a vida se recria a partir da matéria morta, o filme adentra por caminhos complexos, tentando casar um pano de fundo místico, loucos experimentos e explicações cosmogónicas (no que o que os realizadores chamaram de “cosmic dread” – com Lovecraft na base). Vale o passeio no labirinto povoado; o “vazio” até está bem preenchido... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Roni Nunes às 21:42


Comentários recentes

  • Cleber Nunes

    Sem dúvida é um filme que me despertou interesse ...



Posts mais comentados